Voltar para Curso

Português 7º ano

0% Completo
0/0 Steps
  1. Módulo I- Estudo de Gêneros textuais
    14Aulas
    |
    14 Exercícios
Módulo 1, Aula 9
Em andamento

Aula 9- Leitura de letras de músicas de estilos variados com ênfase em cidadania.

Progresso do Módulo
0% Completo
Aula
Materiais

Aula IX- Leitura de letras de música de estilos variados com ênfase em cidadania. 

Aula 9- Leitura de letras de músicas de estilos variados com ênfase em cidadania. 1
Aula 9- Leitura de letras de músicas de estilos variados com ênfase em cidadania. 2

Veremos a seguir letras de música que abordam o tema da cidadania. 

Coração de estudante 

Milton Nascimento 

Quero falar de uma coisa 
Adivinha onde ela anda 
Deve estar dentro do peito 
Ou caminha pelo ar 

Pode estar aqui do lado 
Bem mais perto que pensamos 
A folha da juventude 
É o nome certo desse amor 

Já podaram seus momentos 
Desviaram seu destino 
Seu sorriso de menino 
Quantas vezes se escondeu 

Mas renova-se a esperança 
Nova aurora a cada dia 
E há que se cuidar do broto 
Pra que a vida nos dê flor e fruto 

Coração de estudante 
Há que se cuidar da vida 
Há que se cuidar do mundo 
Tomar conta da amizade 

Alegria e muito sonho 
Espalhados no caminho 
Verdes planta e sentimento 
Folhas, coração, juventude e fé 

Fonte: Musixmatch 

Compositores: Milton Nascimento / Wagner Tiso 

Letra de Coração de estudante © Nascimento Edicoes Musicais Ltda, Trem Mineiro Edicoes Musicais 

Família 

Titãs 

Família, família 
Papai, mamãe, titia 
Família, família 

Almoça junto todo dia 
Nunca perde essa mania 
Mas quando a filha quer fugir de casa 
Precisa descolar um ganha pão 
Filha de família se não casa 
Papai, mamãe não dão nenhum tostão 

Família ê 
Família ah 
Família 
Família ê 
Família ah 
Família 

Família, família 
Vovô, vovó, sobrinha 
Família, família 
Janta junto todo dia 
Nunca perde essa mania 
Mas quando um nenê fica doente 
Procura uma farmácia de plantão 
O choro do nenê é estridente 
Assim não dá pra ver televisão, oh 

Família ê 
Família ah 
Família, yeah 
Família ê 
Família ah 
Família, oh yeah, yeah yeah 

Família, família 
Cachorro, gato, galinha 
Família, família 
Vive junto todo dia 
Nunca perde essa mania 
A mãe morre de medo de barata 
O pai vive com medo de ladrão 
Jogaram inseticida pela casa 
Botaram um cadeado no portão 

Família ê 
Família ah 
Família, oh yeah 
Família ê 
Família ah 
Família 

Uoh uoh uh 
Família ê 
Família ah 
Família, oh yeah 
Família ê 
Família ah 
Família 

Uoh uoh uoh uoh oh 
Família ê 
Família ah 
Família, oh yeah 
Família ê 
Família ah 
Família 
Oh yeah 

Fonte: LyricFind 

Compositores: Antonio Bellotto / Arnaldo Filho 

Letra de Família © Warner Chappell Music, Inc 

Resultados da Web 

Muros e Grades 

Engenheiros do Hawaii 

Nas grandes cidades, no pequeno dia a dia 

O medo nos leva a tudo, sobretudo à fantasia 

Então erguemos muros que nos dão a garantia 

De que morreremos cheios de uma vida tão vazia 

Então erguemos muros que nos dão a garantia 

De que morreremos cheios de uma vida tão vazia 

Nas grandes cidades de um país tão violento 

Os muros e as grades nos protegem de quase tudo 

Mas o quase tudo quase sempre é quase nada 

E nada nos protege de uma vida sem sentido 

O quase tudo quase sempre é quase nada 

E nada nos protege de uma vida sem sentido 

Um dia super 

Uma noite super 

Uma vida superficial 

Entre as sombras 

Entre as sobras 

Da nossa escassez 

Um dia super 

Uma noite super 

Uma vida superficial 

Entre cobras 

Entre escombros 

Da nossa solidez 

Nas grandes cidades de um país tão irreal 

Os muros e as grades 

Nos protegem de nosso próprio mal 

Levamos uma vida que não nos leva a nada 

Levamos muito tempo pra descobrir 

Que não é por aí, não é por nada não 

Não, não, não pode ser, é claro que não é 

Será? 

Meninos de rua, delírios de ruína 

Violência nua e crua, verdade clandestina 

Delírios de ruína, delitos e delícias 

A violência travestida, faz seu trottoir 

Em armas de brinquedo, medo de brincar 

Em anúncios luminosos, lâminas de barbear! 

Um dia super 

Uma noite super 

Uma vida superficial 

Entre as sombras 

Entre as sobras 

Da nossa escassez 

Um dia super 

Uma noite super 

Uma vida superficial 

Entre cobras 

Entre escombros 

Da nossa solidez 

Viver assim é um absurdo (como outro qualquer) 

Como tentar um suicídio (ou amar uma mulher) 

Viver assim é um absurdo (como outro qualquer) 

Como lutar pelo poder (lutar como puder) 

Brasil 

Cazuza 

Não me convidaram 
Pra esta festa pobre 
Que os homens armaram 
Pra me convencer 
A pagar sem ver 
Toda essa droga 
Que já vem malhada 
Antes de eu nascer 

Não me ofereceram 
Nem um cigarro 
Fiquei na porta 
Estacionando os carros 
Não me elegeram 
Chefe de nada 
O meu cartão de crédito 
É uma navalha 

Brasil 
Mostra tua cara 
Quero ver quem paga 
Pra gente ficar assim 
Brasil 
Qual é o teu negócio 
O nome do teu sócio 
Confia em mim 

Não me convidaram 
Pra esta festa pobre 
Que os homens armaram 
Pra me convencer 
A pagar sem ver 
Toda essa droga 
Que já vem malhada 
Antes de eu nascer 

Não me sortearam 
A garota do Fantástico 
Não me subornaram 
Será que é o meu fim 
Ver TV a cores 
Na taba de um índio 
Programada 
Prá só dizer sim, sim 

Brasil 
Mostra a tua cara 
Quero ver quem paga 
Pra gente ficar assim 
Brasil 
Qual é o teu negócio 
O nome do teu sócio 
Confia em mim 

Grande pátria 
Desimportante 
Em nenhum instante 
Eu vou te trair 
Não, não vou te trair 

Brasil 
Mostra a tua cara 
Quero ver quem paga 
Pra gente ficar assim 
Brasil 
Qual é o teu negócio 
O nome do teu sócio 
Confia em mim 

Brasil 
Mostra a tua cara 
Quero ver quem paga 
Pra gente ficar assim 
Brasil 
Qual é o teu negócio 
O nome do teu sócio 
Confia em mim 

Confia em mim 
Brasil 

Fonte: Musixmatch 

Compositores: N. Romero / Cazuza / G. Israel 

Letra de Brasil © Agn-producoes Empreendimentos E Participacoes, Agn – Producoes Empreendimentos E Participaco 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *