Voltar para Curso

Geografia 9º ano

0% Completo
0/0 Etapas
  1. Panorama Geográfico
    4 Aulas
    |
    4 Exercícios
  2. Europa
    4 Aulas
    |
    5 Exercícios
  3. Ásia
    4 Aulas
    |
    5 Exercícios
  4. Oceania
    2 Aulas
    |
    3 Exercícios
  5. Antártida
    3 Aulas
    |
    4 Exercícios
Módulo 1, Aula 2

Revolução tecnológica e formação do espaço global

Progresso do Módulo
0% Completo
Revolução tecnológica e formação do espaço global 1
Figura 1 – Tecnologia Globalizada / Fonte: Brasil Escola

Desde os primórdios da humanidade a tecnologia vem se desenvolvendo, evoluindo a cada momento transformando o espaço em que vivemos. Ao longo da história o homem fez várias descobertas como: a roda, o fogo, a utilização de pedaços de pau para caçar, entre outros. Podemos até pensar que estes instrumentos não são tecnológicos, porém quando o homem busca meio (instrumentos) para resolver um problema e depois ele é aperfeiçoado, isto é tecnologia.

Os avanços tecnológicos podem ser melhor compreendidos com o desenvolvimento industrial, que causou profundos marcos e transformações nos aspectos econômicos, sociais, culturais na sociedade e no espaço geográfico.

A Revolução Industrial iniciou-se na Inglaterra, na segunda metade do século XVIII. Este período foi marcado por grandes mudanças e transformações nas relações de trabalho, no processo produtivo, no estilo de vida da humanidade, o surgimento da indústria entre outros, consolidando assim o processo de formação do capitalismo.

Ao longo da história essas transformações foram acontecendo de maneira marcante nos campos econômicos, sociais e culturais. A relação do homem com o meio em que vive no campo tecnológico, podendo destacar algumas fases que contribuíram para isso: a Primeira Revolução Industrial, a Segunda Revolução Industrial e a Terceira Revolução Industrial.

Revolução tecnológica e formação do espaço global 2
Figura 2 – Imagem Reprodução / Fonte: Tudo Estudo

–> Primeira Revolução

A Primeira Revolução Industrial pioneiramente iniciada na Inglaterra trouxe consigo novas formas de produção que transformaram o setor industrial, e a relação da sociedade no espaço em que vive.

Algumas características da Primeira Revolução Industrial são: a substituição da energia produzida pelo homem, por energias como a energia a vapor; a substituição da produção artesanal (manufatura) pela indústria (maquino fatura); a indústria têxtil vem elucidar muito bem essa relação. Agora apenas um trabalhador pode manusear um maquina, gerando muito desemprego neste período. Esse fato acarretou na marginalização da sociedade, o aumento da violência, fome nas cidades, mão-de-obra barata e altas horas de trabalho.

Outras características são o desenvolvimento do telégrafo (meio de comunicação), o desenvolvimento da máquina a vapor, a criação da locomotiva e das estradas de ferro.

–> Segunda Revolução

Na Segunda Revolução Industrial vivida na segunda metade do século XIX e inicio do século XX, a industrialização ultrapassou os limites geográficos da Europa, espalhando-se para países como Japão e os Estados Unidos, além de outros países da Europa.

Neste período o petróleo passou a ser utilizado como príncipe fonte de energia (motor à combustão). A eletricidade, o ferro antes muito utilizado passou a ser substituído pelo aço na metalurgia. Houve um grande salto tecnológico neste tempo, avanços industriais, e cada vez mais o surgimento de novas indústrias (sofisticadas), o avanço na área de pesquisas como a medicina, por exemplo. O espaço entre o campo e a cidade foi diminuindo, sendo ligadas pelas ferrovias e rodovias. Com o aumento da produção em massa, e muitos países se industrializando (os mais ricos) passaram a dominar economicamente os outros países (menos desenvolvidos) explorando território e principalmente matéria prima.

O avanço nos meios de transporte permitiu o melhor escoamento de mercadorias, produtos e até mesmo o trânsito de pessoas, surgindo assim as grandes cidades, consequentemente com isso alguns problemas como: o desemprego, o aumento da população (superpopulação), o aumento de mão-de-obra barata e as novas relações de trabalho, novas formas de consumo da sociedade, alterações no modo de vida e a relação do homem com a natureza, sendo cada vez mais alterada.

–> Terceira Revolução

A Terceira Revolução Industrial, que também é conhecida por Revolução Tecnocientífica e teve inicio no século XX, veio trazer não só uma revolução no setor da indústria, no sentido de desenvolvimento tecnológico voltado para o processo de produção de alguns países, mas também com o avanço científico espalhado para todo mundo, retirando a limitação de alguns outros países.

As mudanças, transformações que são possíveis pelos avanços científicos são vivenciadas atualmente, e a cada novo despertar, a cada descoberta realizada representa uma nova etapa conquistada nesta fase da revolução, consolidando ainda mais o capitalismo financeiro.

Algumas características marcam esta fase da revolução como a robótica, a biotecnologia, eletrônica, avanços na área da genética entre outra. Essas características modificam e transformam o modo de vida da sociedade e o espaço geográfico, pois a diminuição das distâncias entre os povos é realizada por meio de noticias, novas formas de se comunicar, sendo que a internet contribui muito para este estreitamento.

Este desenvolvimento gerado pelos avanços tecnocientíficos, nos trás o conceito de globalização, ou seja, tudo implica na diminuição da distância e do tempo ligando as pessoas, ligando lugares, pois as informações chegam de um lugar ao outro quase que instantaneamente, interagindo com as diferenças sociais, culturais e físicas.

–> Atualmente

Hoje em dia com as transformações ocorridas com a revolução industrial, causam modificações na relação do homem com o meio em que vive. Pois a apropriação de recursos naturais para o desenvolvimento causa impactos profundos e significativos ao meio ambiente. Assim a paisagem natural muitas das vezes é modificada pelo homem, gerada no processo de desenvolvimento. Desta forma várias entidades e órgãos internacionais se reúnem para buscar e discutir possibilidades de mudar o processo de desenvolvimento econômico para gerar medidas que sejam eficazes para a mudança da exploração econômica dos recursos da natureza, tentando minimizar os impactos ambientais.

Portanto, várias foram as consequências causadas pela Revolução tecnológica ao longo dos anos, mudanças na relação de trabalho, os padrões de vida e consumo da sociedade, avanços no campo de pesquisa e do conhecimento e a relação do homem com a natureza, modificando a condição do espaço e as relações sociais, culturais e econômicas na sociedade.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 48 = 51

suporte

Suporte

Quer conhecer os cursos por dentro?

Experimente grátis

Você será encaminhado para a página dos cursos.

Baixe materiais gratuitos

Leve seu ensino ou aprendizado para o próximo nível com listas de exercícios e PDFs exclusivos.

Lead Geral